Minha Energia

Minha Energia

2621 | 3

Faça a sua própria energia!


Facebook


O fim do óleo diesel no transporte rodoviário de pessoas e cargas

172 visualizações Editar a postagem | Excluir postagem

O fim do óleo diesel no transporte rodoviário de pessoas e cargas

Que os veículos pesados movem o progresso da humanidade desde os primórdios dos tempos modernos, não há dúvida. E falando em modernidade, eis aqui a próxima revolução quando o assunto é transporte de carga e passageiros nas estradas: ônibus e caminhões elétricos.

Natural da motorização elétrica, eles trazem uma série de vantagens sobre os movidos a diesel, dentre eles, menor custo por quilômetro rodado, mais força e melhor arranque, desnecessidade de troca de óleo, menos partes mecânicas, rodagem silenciosa, menos poluição sonora, e claro, nada de emissão de poluentes na atmosfera, dentre outros benefícios.

Trazemos aqui um exemplar de cada segmento, o Ônibus Catalyst E2 Max fabricado pela Proterra e o caminhão Nikola One, fabricado pela Nikola Motor Company, ambos oriundos dos Estados Unidos.

Em breve vamos trazer também informações de veículos elétricos que já são produzidos no Brasil e dos que ainda serão. Não se engane, nosso país está bastante atento a este mercado.

Veja abaixo um poucos dos detalhes do Ônibus Catalyst E2 Max e do caminhão Nikola One:

Ônibus Catalyst E2 Max

Fabricante: Proterra
Autonomia: 1.772,2 quilômetros
Motorização: dois motores independentes de 190 kW cada
Potência: 510 cavalos
Bateria: 660 kWh
Desempenho: de 0 a 32 km/h em 4,5 segundos

Caminhão Nikola One

Fabricante: Nikola Motor Company
Autonomia: 1.920 quilômetros
Motorização: um motor elétrico em cada uma das seis rodas
Potência e Torque: 2.027 cavalos e 511 kgfm
Bateria: 320 kWh (alimentada por uma turbina movida a gás natural)
Benefício: pode reduzir o custo operacional em até 50%
Desempenho: de 0 a 100 km/h em 30 segundos

Texto: Fabrício Sousa

Imagens e dados:

https://www.proterra.com/
https://nikolamotor.com/

0 Comentários | Publicado em: 14 de Setembro de 2018 às 15:07


Ainda não possui cadastro? Cadastre-se
Você já fez o cadastro? Logue-se

Nenhum comentário